Como amantes do presunto, na Josep Llorens , queremos ajudá-lo a aprender todos os segredos envolvidos na criação de um dos produtos mais deliciosos da nossa culinária. Como na cozinha, onde bons ingredientes são essenciais no resultado final; no mundo dos embutidos, a matéria-prima é decisiva.

A seguir, falaremos mais sobre a carne de porco Duroc, a única espécie com a qual você pode misturar o Ibérico para obter a denominação de origem e suas diferenças com a raça nativa.

O que caracteriza a raça de porco Duroc?

Embora o nome da raça não seja bem conhecido, esse tipo de porco foi importado dos Estados Unidos na década de 1960 e, desde então, sua carne tem sido usada e apreciada na produção de presuntos e outros produtos de carne em nosso país.

A principal característica da raça Duroc é a infiltração de gordura em sua carne, o que afeta suas propriedades organolépticas, com produtos mais suculentos e saborosos do que os de outras raças de porcos brancos.

Como consequência de suas propriedades, sua carne é a que mais se assemelha à da carne de porco ibérica, com sabor e textura tão semelhantes que 50% de exemplares combinados são aceitos na Denominação de Origem do presunto ibérico; e também são usados na fabricação de presuntos serrano de altíssima qualidade.

Você encontrará a diferença mais substancial na composição lipídica de ambos os exemplares. As gorduras do porco ibérico são mais saudáveis ​​para o coração do que as do Duroc, mas a mistura de ambas as espécies permite produzir crias fortes que crescem mais rapidamente.

Agora que você conhece as diferenças, quando visitar o site da Josep Llorens ou de outros fabricantes de presunto, saberá que os presuntos serrano da raça Duroc fornecerão excelente sabor e qualidade.