Na Josep Llorens i Fills, como embaixadores experientes do presunto, falaremos sobre a possibilidade ou não de congelá-lo. Quantas vezes você já comprou ou recebeu mais presunto do que poderia comer? Continue lendo e descubra se é uma boa ideia ou não congelar este produto, seja ele presunto ibérico ou Serrano.

Congelar o presunto ibérico, sim ou não?

Embora possa ser uma tentação, a verdade é que não se deve congelar o presunto Serrano. Ao contrário de outros embutidos (que podem ser congelados e consumidos posteriormente), o presunto é feito por delicados processos naturais para que tenha o aroma, a textura e o sabor que o caracterizam. Por esse motivo, não é um produto adequado para congelamento doméstico, pois a cadeia de frio não é a correta.

Embora se pudesse congelá-lo e o presunto durasse mais tempo, quando se decidisse descongelá-lo e consumi-lo, perderia as suas propriedades e características principais, que o levam a optar pelo presunto ibérico e não por qualquer outro embutido.

O melhor a fazer para manter o produto em boas condições é mantê-lo em local fresco, seco e à temperatura ambiente. Porém, você pode querer viajar porque vai morar no exterior por um período ou, por qualquer outro motivo, precisa manter suas propriedades o máximo de tempo possível. Neste caso, aconselhamos a embalar a vácuo o presunto Serrano. Desta forma, não entrará em contato com o ar e demorará muito mais tempo a estragar. Além disso, é a forma mais eficaz de preservar suas propriedades.

Em suma, na Josep Llorens desaconselhamos o congelamento destes alimentos, sejam eles ibéricos ou serranos. É melhor que você compre na quantidade que vai consumir e certifique-se sempre da excelente qualidade do produto.